terça-feira, maio 27

E é isto.




Depois de seis anos de tanto trabalho, tanto dinheiro gasto, tanto sacrifício, esforço, suor, lágrimas (e fármacos)... as minhas perspectivas de futuro continuam mínimas, para não dizer nulas. Um passado que se apresenta inútil, perante um presente cansado, dorido e angustiado... e um futuro inexistente. 

Será que existe alguém que seja feliz assim? Poderá alguém viver feliz assim?!

A minha resposta é não, infelizmente. Tem sido sempre um não.

*, Lauz

terça-feira, maio 13

What if...?


"What' and 'if' two words as nonthreatening as words come. 
But put them together side-by-side and they have the power to haunt you for the rest of your life: 
'What if?'..." 

- Letters to Juliet


E andam tantos "e se?..." a passear na minha cabeça...
Acho que nunca quis tanto mudar determinadas coisas na minha vida como agora. Pressinto que alguma coisa tem que chegar ao fim, para outras poderem começar... ou recomeçar. Só não sei como o fazer.

E os "e se?..." continuam...

*, Lauz

terça-feira, maio 6

NP

Há sentimentos que, por mais anos que passem, nunca se extinguem por completo.
Existem paixões platónicas que nunca se esquecem.

O NP é uma delas.

 (wishing to meet you somewhere) *, Lauz